Carta a uma escola em tempos de Covid-19

Enviei esta carta à escola de nossas filhas após receber comunicado de que não iriam suspender as aulas pois acham melhor aguardar o pico. Sim, escreveram que acham que as aulas devem ser suspendidas no pico das infecções. Tentei ser o mais cordial e polido o possível diante desse absurdo.

Boa tarde,

Recebemos o comunicado da escola acerca da suspensão das atividades por conta do Covid-19. Lamento muito pela decisão, pois não é uma decisão adequada. Estão se baseando em um governo inepto e ignorante, que não apenas ignora como também faz pouco caso do problema que tem diante dele. Por outro lado, o governo de MG decretou suspensão das atividades escolares de 18 a 22 de Março, o que vocês sequer cogitaram.

Esperar o pico é extremamente irresponsável. O pico sem ações significa estarmos com a capacidade hospitalar completamente comprometida. Quantos leitos de UTI os hospitais de São Gotardo possuem? Ou mesmo em Patos de Minas?

É preciso agir de acordo com as informações que temos das ações tomadas em outros países. Não podemos ficar nas mãos deste governo que, repito, é inepto e ignorante, e desdenha do conhecimento científico.

É importante atuar já para achatar o pico da doença (Coronavírus: por que é fundamental ‘achatar a curva’ da transmissão no Brasil), de modo que leve mais tempo para se espalhar e não sobrecarregue o sistema de saúde e permita que todas as pessoas possam ser bem atendidas. A situação pode parecer tranquila por enquanto, mas não tardará a aparecer os primeiros casos na cidade e com uma progressão geométrica as ações poderão ser tardias e ineficientes. É por isso que precisamos pensar e agir antes.

As universidades já estão suspendendo as aulas. Várias escolas também. Temos o compromisso com os dados científicos e precisamos nos basear neles pois são a melhor ferramenta que dispomos. E os dados nos dizem apenas isso: suspendam aglomerações, aulas, etc. Isso é o mínimo. Não vai demorar para termos que nos isolar em casa e suspender todos os trabalhos externos. Mas pode ser mais tranquilo se conseguirmos achatar a curva.

Por isso a partir de amanhã nossas filhas não irão mais para aula. Independente da decisão da escola. Solicitamos que sejam enviadas atividades e avaliações domiciliares, apelando ao bom senso que certamente a instituição tem.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.