Natureza x criação

Compartilhe...Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Share on TumblrEmail this to someoneDigg this

As características físicas de um organismo são passadas a seus descendentes através do mecanismo elucidado por Mendel, ainda no século XIX. Mas o que dizer em relação ao comportamento? Seria o comportamento, mais especialmente o comportamento humano, também sujeito a estes mecanismos? Enfim, nossa personalidade seria fruto da natureza (escrita no DNA) ou de nossa criação (tradição e aprendizado)?

Em seu livro que no Brasil foi traduzido como “O que nos faz humanos”, Matt Ridley passeia pelas idéias de 12 grandes nomes da ciência, suas fontes e influências, para apresentar ao leitor uma abordagem diferente desta antiga discussão. De uma forma bastante eloqüente, Ridley repassa idéias e experimentos de ambos os lados, demonstrando que, na maioria das vezes, o defensor de um dos lados da disputa enxerga o outro lado de modo extremista, quando, na verdade, é moderado. Isto quer dizer que uma verdade não exclui a outra, e que vários aspectos podem estar corretos ao mesmo tempo. Ridley afirma, por exemplo, que “os genes não tornam você inteligente, eles aumentam a possibilidade de você desfrutar do aprendizado”. Eu gosto de pensar nas características comportamentais e de personalidades herdadas como se fossem um copo, que cada um enche da forma como quiser através do aprendizado, mas da mesma forma que alguns podem colocar apenas algumas gotas, é impossível adicionar mais do que a sua capacidade.

A demonstração de mecanismos genéticos envolvidos nos processos relacionados com o comportamento humano são frequentemente criticados por serem reducionistas. No entanto, Ridley considera que o reducionismo em si não é algo ruim, à medida em que permite uma melhor compreensão do todo.

Aos poucos estamos percebendo que na discussão natureza x criação não há vencedores, pois temos descoberto que a natureza age através da criação. Na realidade, este é o nome correto do livro de Ridley, um trocadilho com o grande dilema – “Natureza através da criação (nature via nurture)”. Uma excelente leitura, recomendada a todos que se interessam sobre como os aspectos da nossa personalidade e comportamento se manifestam.

 

One thought on “Natureza x criação

Deixe uma resposta